A CONTRIBUIÇÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NO SETOR CONTÁBIL: UM ESTUDO DA EVOLUÇÃO DA CONTABILIDADE NO BRASIL

Caroline Szpanick de Oliveira, José Ronkoski

Resumo


Este artigo apresenta a evolução da contabilidade desde o homem primitivo, como formas de escrituração e escolas de pensamento contábil, passando pelo início da contabilidade no Brasil até a modernização desta. Tem como objetivo geral identificar as mudanças ocorridas nos ambientes tecnológicos que afetaram a metodologia na forma de registrar os atos e fatos pela contabilidade brasileira. O problema da pesquisa consiste em identificar quais são os impactos que as mudanças tecnológicas trouxeram no desenvolvimento da contabilidade no Brasil desde seu início até novembro de 2015. Decorre daí que, diante da era da informação, a qualidade da prestação do serviço de contabilidade melhorou com soluções práticas e inteligentes para atender às necessidades das empresas e fisco. As empresas precisaram investir em softwares e capacitação profissional. O profissional contábil, seja de escritório de contabilidade ou outros tipos de empresas públicas e privadas, precisa estar ciente das inovações tecnológicas para seu setor, para não se tornar defasado diante de um mercado tão competitivo. Através de um questionário aplicado em uma amostra de profissionais contábeis, comprova-se que a tecnologia da informação (TI) contribui no setor contábil trazendo benefícios avaliados como fundamentais para o exercício da profissão, entre os destaques estão a agilidade e a segurança das informações. Por fim, entende-se que o contador não é um funcionário indireto do governo, “um mal necessário às empresas”, e sim um cientista do patrimônio, com capacidade de auxiliar em importantes tomadas de decisão.

Palavras-chave


Contabilidade. Tecnologia da Informação. SPED. Capacitação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários