MODELO MATEMÁTICO APLICADO À OTIMIZAÇÃO DE DIETA PARA BOVINOS DE CORTE EM SISTEMA DE PASTEJO

Gustavo Henrique Pedroso Santos, Tiago Sokulski Teixeira, Thiago André Guimarães

Resumo


O objetivo do estudo foi formular um modelo matemático para a otimização de dietas visando minimizar o custo com a alimentação dos bovinos de uma propriedade rural no Estado do Paraná. Foram utilizados dados reais da propriedade e dados coletados da literatura. Foram calculadas as exigências nutricionais diárias de proteína, energia, cálcio, fósforo, sódio, magnésio e potássio para bovinos castrados da raça Nelore, para faixas de peso de 150, 200, 250, 300 e 350 kg. Para cada faixa de peso (FP), calcularam-se as necessidades dos nutrientes citados para mantença e para ganhos de peso diário (GPD) de 0,5, 1,0 e 1,5 kg. Calculou-se os custos de alimentação com base em dados reais de aquisição e preparo dos alimentos na propriedade. Para todas as FP, houve um aumento nos custos com a elevação do GPD. No verão, o custo com alimentação foi menor do que no inverno, e o consumo de concentrado foi igual nos dois períodos. A brachiaria brizantha não foi consumida em nenhum momento, significando que, nas condições propostas, o capim jaraguá foi a melhor opção para todos os cenários. O custo médio diário da dieta foi de R$ 1,68 por cabeça, e as maiores variações nos custos foram registradas para ganhos de peso diário de 1,5 kg. Conclui-se que o modelo pode ser aplicado à propriedade, podendo servir como base para outros estudos na área de Pesquisa Operacional. Entretanto, são necessárias adequações que sejam condizentes com as particularidades de cada sistema produtivo e de cada propriedade rural.

Palavras-chave


Bovinocultura de Corte. Custo de Produção. Modelagem Matemática. Otimização de Dieta. Pesquisa Operacional

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários